Governo do Distrito Federal
4/01/23 às 10h55 - Atualizado em 5/01/23 às 18h34

Escola Superior de Gestão do Distrito Federal forma 12 tecnólogos em Gestão Pública

COMPARTILHAR

 

A Escola Superior de Gestão do Distrito Federal (ESG), instituição vinculada à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração e mantida pela Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes (UnDF), graduou a segunda turma do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública. A cerimônia de colação de grau foi realizada em agosto, no auditório da Escola de Governo (Egov).

 

 

 

Com a presença de filhos, pais, mães e familiares, os 12 formandos servidores públicos e novos tecnólogos em gestão pública celebraram a finalização de uma etapa marcante que representa uma grande conquista nas vidas deles, a tão sonhada graduação no ensino superior.

 

 

Participaram da solenidade o secretário de Fazenda do Distrito Federal, Itamar Feitosa, o vice-reitor da UnDF, Sérgio Luiz Carreira; a pró-reitora da UnDF, Alessandra Edver dos Santos; o secretário- executivo de Valorização e Qualidade de Vida, Epitácio Júnior, e a vice-diretora da Escola de Governo (Egov), Raquel Aben-Athar, que na ocasião representou a diretora da ESG, Juliana Tolentino.

 

 

Claramente emocionado e honrado, o vice-reitor da UnDF, o professor doutor Sérgio Luiz Carreira outorgou o grau aos formandos – 4 homens e 8 mulheres. “É um momento significativo e me tocou muito ver as crianças neste auditório. Filhos e filhas. Não tem como não se emocionar. Eu imagino o quão difícil foi para vocês, pais e mães, se dedicarem nesses dois anos, com todas as responsabilidades que nós adultos temos. Realizar um curso superior depois que constituímos família, temos trabalho e filhos não é fácil. Imagino o quão importante é para vocês estarem aqui hoje finalizando mais esta etapa. Parabéns por essa conquista”, disse o reitor, que ainda recordou o período de lutas estudantis vivenciado pelos estudantes no regime militar, em especial seu pai, que na época era estudante de arquitetura na UnB.

 

“Nessa época, eu tinha entre oito e nove anos e me recordo de chorar, mesmo sem saber o porquê, ao ver minha mãe chorando, pois, os estudantes, naquele tempo, eram perseguidos nas universidades”, elucidou o reitor. “Ao ver essas crianças aqui, vivencio uma atualização adequada do mundo, e que bom que não vivemos mais como naquela época. A educação é essencial”, destacou Carreira.

 

 

Escolhida como patronesse da turma, Ledamar Resende não escondeu o contentamento da homenagem em seu discurso. “Sabemos que muitos não tiveram a oportunidade de fazer o ensino superior porque precisaram enfrentar o mercado de trabalho, cuidar de suas famílias e deixar um pouco de lado o sonho da formação acadêmica. Mas tudo tem o seu devido tempo. Acompanhei essa turma desde o início e sei que a luta foi grande, mas o gosto da vitória supera tudo. Parabéns! Desejo muito sucesso a todos”, comemorou Resende.

 

 

Com um discurso emocionante, poético e personalizado, o paraninfo Rodinei Tarciano Silva parabenizou cada um dos formandos e destacou que a formatura representa uma grande conquista que marca para sempre a vida dos estudantes e dos professores. “A minha caminhada tem o mesmo suor de vocês, a mesma gana, a mesma vontade de crescer e vencer. Eu também tive tropeços e vontade de me render, mas relembrando o grande poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade, o foco tem que ser no caminho e não na pedra do meio do caminho. Não parem! Caminhem!, destacou Silva, que ainda acrescentou:

 

“Cada um de vocês tem um caminho pela frente. Sigam em frente! E, para parabenizar e celebrar o quanto vocês caminharam e o quão longe vocês ainda são capazes de ir, eu desejo para vocês o mundo”, festejou o paraninfo.

 

 

O secretário de Fazenda do DF, Itamar Feitosa, destacou que a formatura representa uma grande conquista para os formandos e para o Estado. “Estou grato e satisfeito em estar aqui e ver que doze servidores públicos estão se qualificando para ajudar o Governo do Distrito Federal. Quando pensamos em políticas públicas, é importante percebermos que elas são transversais. Com essa formação, vocês estão adquirindo ferramentas para ajudar a administração pública a solucionar os problemas diários do Estado, que são abrangentes. Parabéns!”, celebrou o secretário.

 

 

Durante a cerimônia, a formanda Maria Maia cantou a música “Brincar de viver” para homenagear o professor Yonaré Flávio Barros, que foi o coordenador da turma.

 

 

Para encerrar a marcante cerimônia de colação de grau, a pró-reitora de Graduação da UnDF, Alessandra dos Santos, foi a encarregada de proferir as palavras finais da solenidade.

 

“Foi uma noite de muita emoção e não tem como não se emocionar com uma formatura que foi personalizada. Nós enxergamos as particularidades de cada um quando desenhamos esse curso lá atrás, em 2019.Sonhamos junto com vocês quando construímos o planejamento e a execução desta segunda turma. Estamos muito felizes com o resultado alcançado em conjunto. Parabéns a todos os formados”, afirmou Santos.

 

 

O formando Edson Alves da Rocha, da Secretaria de Saúde, conta que teve a oportunidade de ocupar um cargo de gestor, mesmo sem ter uma graduação. Ele ressalta que essa experiência foi o que motivou a busca pela qualificação. “Estou muito feliz de concluir essa graduação. A gestão pública está no meu sangue. A metodologia ativa aplicada no curso induz o aluno a buscar o conhecimento, a pensar na solução, gerir e resolver problemas”.

 

 

Já a formanda Patrícia Godinho, da Secretaria de Economia, diz que realizar a primeira graduação depois dos 52 anos de idade foi muito gratificante. “Vou colaborar repassando todo o conhecimento adquirido, que já é visível. Os meus colegas de trabalho prontamente perceberam a diferença na prestação de serviço, não só no escrever e no falar como também na melhor execução da minha função. Essa graduação foi de muita valia para minha vida pessoal e profissional”, concluiu Godinho.

 

A graduação do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública (CSTGP) visa a promover a formação de tecnólogos em gestão com competências e habilidades para desenvolver, com efetividade, a capacidade gestora dos servidores.

 

História

 

A Escola Superior de Gestão foi credenciada em 2017. Desde então, promove a oferta pública e gratuita de cursos de graduação e de pós-graduação. A ESG tem como missão formar profissionais capazes de atuar no planejamento, na elaboração e na execução de políticas públicas bem como na identificação, no estudo, na avaliação e na gestão de tecnologias inovadoras de alcance social.

Escola Superior de Gestão - Governo do Distrito Federal

ESG

SGO Qd.01 Lote 01 Bloco A/B - Brasília/DF - CEP: 70610-610